O que estão falando sobre Cirurgia Plástica

As principais novidades da medicina estética

Beautiphication - a matemática da beleza

 

Você já pensou em medir beleza? Você acha que pessoas mais bonitas têm faces matematicamente mais perfeitas?

 

 

Pois é exatamente essa a proposta de uma técnica revolucionária de tratamento da face com preenchimento e toxina botulínica. Os cirurgiões plásticos foram buscar conhecimento na Grécia Antiga e na Renascença,  criando uma nova proposta de tratamento que usa a matemática para deixar a face mais proporcional e equilibrada, deixando você mais bonito (a). O objetivo principal é proporcionar um embelezamento de aspecto natural, evitando exageros. 

 

O "beautiphication", tem o ”phi" no nome que remete à proporção dourada ou proporção divina, Phi=1.618, uma fórmula matemática que está presente em toda natureza. Essa proporção também foi usada por artistas como Michelângelo e Leonardo da Vinci para conceber suas obras de arte. E vêm sendo usada até os dias atuais.

 

 

 

 

 

No caso da cirurgia plástica, PHI também é uma sigla do inglês Proportion and Harmony trough Injection.

 

O ”beautiphication” é uma técnica revolucionária de preenchimento e aplicação de toxina botulínica criada pelo cirurgião plástico canadense Dr Arthur Swift. Sua essência é realçar o belo no rosto de cada paciente através da correção do Phi que se perde em casos de assimetrias ou do envelhecimento.

 

Através de anos estudando a beleza, o Dr. Swift concluiu que as mulheres consideradas as mais bonitas do mundo têm determinados pontos de beleza da face em comum, e seus rostos tem anatomia proporcionalmente mais próximo de phi, da razão 1.618. 

 

Com o beautiphication, o médico procura acentuar esses padrões de beleza próximos a phi equilibrando o rosto dos pacientes.

 

A Dra. Priscilla Lotierzo conheceu o "beautiphication" quando participava de um congresso de cirurgia plástica em Paris e vem aplicando as medidas em tratamentos no seu consultório: 

 

 

 

 

Nas 6 perguntas abaixo, a dra Priscilla Lotierzo fala sobre o resultados que têm observado em seu consultório em São Paulo.

 

  1. O que é o “beautiphication”?

 

Dra. Priscilla: É uma técnica de tratamento estético do rosto criada pelo cirurgião plástico canadense Dr. Arthur Swift que busca restaurar o equilíbrio e a harmonia na face seguindo a proporção matemática phi, que está presente em toda natureza.

É feita em consultório, e baseia-se no uso de preenchimento e toxina botulínica. A grande diferença das técnicas convencionais é que no "beautiphication” medimos a face da paciente matematicamente e de acordo, com a proporção do phi de cada paciente, se define um plano de tratamento. 

 

Durante muito tempo, os tratamento com preenchimento e toxina botulinica se preocupavam apenas em preencher a região do "bigode chinês", "linhas de marionete" e lábios, acumulando uma grande quantidade de produto no centro do rosto e deixando-o mais pesado. No ”beautiphication” ,fazemos uma análise completa da face e podemos descobrir, por exemplo que a paciente precisa de preenchimento na região em volta dos olhos, na testa, no queixo e, quando tratamos essas regiões desbalanceadas com isso, recuperamos uma face mais bonita e harmônica. 

 

A técnica promove o embelezamento dos três terços do rosto. No terço superior, equilibramos sobrancelhas, restauramos a curva óssea natural e abrimos o olhar. No terço médio, o foco é a volumização dos ossos da face como o zigomático, fechamento de asa nasal e atenuação de  pés de galinha e olheiras. No terço inferior, a proposta é tornar lábios, queixo e contorno da mandíbula mais proporcionais ao resto do rosto

 

2. A tendência é substituir cada vez mais a cirurgia plástica por procedimentos feitos no consultório?

 

O preenchimento de ácido hialurônico aliado à toxina botulínica e aos tratamentos de resurfacing à laser revolucionaram a cirurgia plástica e a medicina estética nos últimos 15 anos, derrubando grandes conceitos.

 

Antigamente, a maioria dos tratamentos de rejuvenescimento eram feitos com cirurgias, como a ritidoplastia ("facelifting"). Por serem tratamentos cirúrgicos, eram feitos em ambiente hospitalar, tinham tempos de recuperação que precisavam ser respeitados com inchaço, curativos e sangramentos e, possibilidades de complicações. Os  resultados, muitas vezes, não eram duradouros e podiam alterar as características anatômicas da face.

 

Hoje, esses procedimentos são feitos no consultório, menos dolorosos, tem recuperação mais rápida e com resultados mais naturais que são reabsorvidos com o tempo sem alterar a anatomia da face. Por exemplo, se uma paciente exagera num preenchimento ou numa aplicação de toxina botulínica, ela para de fazer e o efeito desaparece gradualmente. Se uma cirurgia é feita de forma exagerada ou assimétrica, isso é muito mais difícil de ser corrigido. 

 

Essa mudança foi muito importante, pois nos possibilitou tratar também pacientes mais jovens, prevenindo ou desacelerando seu envelhecimento. Além disso, ninguém precisa tirar férias ou dias de folga para se recuperar desses tratamentos, A ideia é não alterar a rotina dos pacientes e fazer manutenções anuais, para que se mantenham sempre bem.

 

3. Qual a diferença do beautiphication para as outras técnicas de preenchimento?

 

Desde que a tecnologia de preenchimento foi inventada, os médicos evoluíram muito nas suas técnicas de aplicação. Hoje, sabemos que não se deve colocar o produto em excesso e nem em pequenas quantidades, sabemos que, às vezes, para tratar um problema localizado, teremos melhores resultados colocando preenchimento numa área da face distante do problema e que temos sempre de avaliar individualmente o rosto de cada pessoa.

 

Hoje, a cosmetologia já domina a técnica do rejuvenescimento. Agora, estamos aprendendo a utilizar os preenchimentos também para o embelezamento. Nesse sentido, podemos atender uma paciente jovem entre 20 e 30 anos que se queixa de olhos cansado e olheiras e, no consultório, com técnicas de preenchimento identificar exatamente a área que ela precisa de tratamento e deixá-la mais bonita. 

 

4. As substâncias usadas também passaram por mudanças?

 

Sim, hoje temos produtos diferentes para cada tipo de problema. Temos preenchimentos a base de ácido hialurônico específicos para lábios, outros que promovem projeções maiores e volumização da face e outros que se integram melhor no interior da pele para utilização mais superficial em rugas finas. Temos também produtos estimuladores do colágeno, como o Sculptra e o Radiesse que promovem um rejuvenescimento mais global, melhorando também a qualidade da pele no local tratado. 

 

5. O tempo de durabilidade do preenchimento aumentou?

 

Sim. As empresas evoluíram muito na tecnologia dos seus produtos, e hoje eles se desgastam em um prazo mais longo do que inicialmente. As primeiras versões de preenchedores absorvíveis, como o colágeno bovino duravam 6 meses e causavam muitas reações alérgicas. Hoje, os produtos são mais purificados e prometem durar de 12 a 24 meses.

 

6. Alguns pacientes que procuram você no consultório têm medo de ficar esticados demais?

 

Muitas têm esse receio, sim. Eles (as) têm medo de ficar com lábios grades e deformados, e com o rosto "inflado" de tanto preenchimento ou com os olhos abertos e com cicatrizes após procedimentos cirúrgicos.

 

O que posso explicar pra esses pacientes é que nós, cirurgiões plásticos temos todo o cuidado para que o procedimento fique natural, ninguém quer resultados excessivos ou distorcidos. Tratamentos estéticos bem equilibrados e feitos aos poucos, com produtos de qualidade reabsorvíveis oferecem resultados naturais. Cabe ao médico usar o bom senso e evitar os excessos. 

 

Procure sempre especialistas de sua confiança, além de saber trata-los e deixá-los mais bonitos, eles também são treinados para evitar e tratar complicações antes que elas ocorram.

 

 

ATENÇÃO: As informações deste artigo têm o objetivo de trazer a público questões médicas. Como recomenda a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP, escolha o cirurgião plástico de sua confiança para esclarecer suas dúvidas e fazer uma avaliação personalizada do seu caso.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

Minha experiência com o Laser CO2 Fracionado Light

September 6, 2019

1/10
Please reload

Please reload

Siga-me
  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - cinza Círculo
Please reload

CRM/SP 100766

Cirurgiã plástica, graduada

pela USP, com residência em Cirurgia Plástica e Cosmiatria

 no Hospital das Clínicas da FMUSP

HOSPITAL 9 DE JULHO

Rua Peixoto Gomide, 263 

São Paulo - SP

Tel: (11) 3147-9430

 agendamento@h9j.com.br 

PARAÍSO

Rua Maria Figueiredo, 595, conj 63 

São Paulo, SP 04002-003

Tel:(11) 3050-6300

recepcao@ellasaude.com.br

HIGIENÓPOLIS

Rua Mato Grosso, 306, conj. 1602 

São Paulo, SP 01239-040

Tel:(11) 2114-6080

plotierzo@gmail.com 

© 2017 AC Assessoria de Comunicação

Priscilla Lotierzo é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Doctoralia