O que estão falando sobre Cirurgia Plástica

As principais novidades da medicina estética

Tire suas dúvidas sobre otoplastia fechada

23 Aug 2019


A cidade foi invadida por lindas orelhas, vocês viram??? A #earparade2019 - Evento de arte urbana voltado à conscientização de transtornos auditivos.


Cruzei com essa na Av. Paulista... As esculturas foram pintada por grandes artistas brasileiros e ao final, no dia 29 deste mês, ocorrerá um leilão beneficente. Os valores arrecadados serão destinados ao Hospital das Clínicas, Programa Reouvir (SUS) e Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo).

 

 



A anatomia da orelha, por si só, já é tão delicada com sua curva interna em formato de concha... que sempre me remeteu a uma escultura natural.
Talvez por isso, algumas pessoas se sentem incomodadas quando têm o formato da orelha diferente do comum, como o caso de pacientes com orelha de abano.

Na residência de cirurgia plástica, somos estimulados a reproduzir essa anatomia tanto em desenho quanto esculpindo. E, esses primeiros exercícios, são fundamentais para a realização de otoplastias e cirurgias reparadoras da orelha.

 

 

A ideia de proporcionar melhora estética com procedimentos menos invasivos, feitos em consultório e com tempo de recuperação mínimo é o futuro. Isso é o que os pacientes desejam

 

Nessa linha, há alguns anos começamos a realizar cirurgias de correção de orelha de abano, sem cortes.

 

A otoplastia fechada permite moldar a curva interna da orelha deixando-a mais próxima da cabeça e trazendo mais harmonia ao rosto.

 

É um procedimento que pode ser feito em pacientes a partir dos 12 anos com anestesia local e não gera cicatrizes.

 

 

A técnica foi desenvolvida com base na técnica de otoplastia aberta, tradicional. Por exemplo, o fio de sutura que usamos é o mesmo nas duas cirurgias.

 

Destaquei a seguir as três dúvidas mais frequentes dos pacientes:

 

1- Como é possível fazer o ponto sem cortes? Na verdade, utilizamos os orifícios que a agulha cria pra passar o fio pela pele. Entramos e saímos com os fios por esses pequenos furinhos e, assim conseguimos fazer pontos que moldam a orelha.

 

2- Cuidados no pós-procedimento? Em geral, é possível voltar às atividades normais no dia seguinte. Apenas, oriento um antibiótico preventivo, analgésicos e cuidados de limpeza local. É necessário usar faixa nas orelhas nos primeiros 3 dias, e depois, se usa apenas para dormir por 30 dias.

 

3- A orelha pode voltar a ser de abano? Infelizmente, pode sim, porém não é algo comum. Na técnica aberta, esse risco também existe... principalmente em pacientes adultos com cartilagens fortes. Caso isso ocorra, é possível refazer o procedimento.

 

Você tem alguma dúvida? Mande uma mensagem, terei prazer em ajudar você!

 

ATENÇÃO: As informações deste artigo têm o objetivo de trazer a público questões médicas. Como recomenda a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP escolha o cirurgião plástico de sua confiança para esclarecer suas dúvidas e fazer uma avaliação personalizada do seu caso.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

Minha experiência com o Laser CO2 Fracionado Light

September 6, 2019

1/10
Please reload

Please reload

Siga-me
  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - cinza Círculo
Please reload

CRM/SP 100766

Cirurgiã plástica, graduada

pela USP, com residência em Cirurgia Plástica e Cosmiatria

 no Hospital das Clínicas da FMUSP

HOSPITAL 9 DE JULHO

Rua Peixoto Gomide, 263 

São Paulo - SP

Tel: (11) 3147-9430

 agendamento@h9j.com.br 

PARAÍSO

Rua Maria Figueiredo, 595, conj 63 

São Paulo, SP 04002-003

Tel:(11) 3050-6300

recepcao@ellasaude.com.br

HIGIENÓPOLIS

Rua Mato Grosso, 306, conj. 1602 

São Paulo, SP 01239-040

Tel:(11) 2114-6080

plotierzo@gmail.com 

© 2017 AC Assessoria de Comunicação

Priscilla Lotierzo é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Doctoralia